Conheça as praias paradisíacas do Rio de Janeiro

Que a cidade do Rio de Janeiro tem as praias mais lindas do mundo, todos já sabem. Mas existem algumas que são as favoritas dos cariocas, e que nenhum turista pode deixar de conhecer. Saiba quais são elas:

Joatinga: está localizada no bairro do Joá, entre a Barra da Tijuca e São Conrado. A entrada é feita por dentro de um condomínio aberto ao público, mas é preciso chegar cedo para conseguir uma vaga. O local é muito disputado por surfistas por ser uma praia em meio ao mar aberto, com ondas de ressaca. Para chegar, pegue a Estrada do Joá e entre no condomínio na Rua Pascoal Segreto. Dentro do condomínio há placas que te direcionarão até a praia.

Para quem vai de ônibus, basta pegar as linhas 557 ou 332 e saltar na frente do condomínio. A referência para quem não conhece o local é o Clube Costa Brava. Como não há muitos ambulantes no local, é melhor que você leve suas cadeiras de praia, guarda-sol e alimentos leves.

[foto]

Prainha: A Prainha fica após o final da praia do Recreio, conhecida como Macumba, na Zona Oeste da cidade. A praia é muito pequena e possui apenas um estacionamento, portanto, prepare-se para acordar cedo. Quando o número máximo de veículos é atingido, a subida que leva até ela é fechada por guardas municipais, que prezam pela harmonia do local. Antigamente isso não existia e só se ouvia barulho de buzinas por lá, o que atrapalhava completamente a diversão dos turistas e moradores.

No local também é possível realizar uma trilha pelo Parque Natural Municipal da Prainha, que te leva até o Mirante Caeté e fica em frente à praia, no estacionamento local. Ela é leve e dura aproximadamente 25 minutos.

[foto]

Secreto: Se você estiver vindo do Recreio, a praia do Secreto fica um pouco antes da Prainha, descrita acima. Se você vem de Grumari, fica depois da Prainha. O acesso é por uma trilha que possui um estacionamento bem próximo, no Mirante do Roncador, ou pela praia da Macumba, no Recreio. A chegada à Prainha e ao Secreto é feita apenas de carro, pois não circulam ônibus no local. Recomendamos ir cedo ao Secreto, pois conforme a maré vai subindo, a praia torna-se perigosa para banho.

A praia do Secreto na verdade é uma piscina natural, pois não possui faixa de areia e abriga uma rocha ao seu redor, que bloqueia a entrada do mar quando a maré está baixa.

[foto]

Aproveite bastante e não se esqueça de levar o protetor solar!


2017 O Ano do Turismo Sustentável

Você se considera um turista sustentável? Quais são suas atitudes quando viaja? Algumas medidas são muito importantes para cuidar do meio ambiente! As práticas de sustentabilidade devem ser mantidas em todo lugar, por isso a Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou o ano de 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável, para ressaltar a importância de manter esse hábito também fora de casa.

A ideia tem como base o sucesso do evento Rio+20, realizado em 2012 no Rio de Janeiro, que contribuiu para informar sobre as dimensões do desenvolvimento sustentável, gerando empregos nessa área e conscientizando a população. A Heidelberg, empresa de turismo que oferece apartamentos por temporada, a fim de contribuir com essa causa tão importante, separou algumas dicas que vão te ajudar a ser um turista consciente:

Não desperdice água

Apesar disso já ser muito falado por aí, o consumo individual de água ainda é excessivo, e pode ser reduzido drasticamente. Medidas como fechar a torneira ao escovar os dentes, economizar água ao lavar a louça, evitar lavar o quintal com jatos de água, verificar se existem torneiras pingando e não demorar muito no banho são excelentes.

Para você ter uma ideia, uma goteira pode gastar, em média, 45 litros de água por dia, enquanto a mangueira que é utilizada para lavar o quintal desperdiça 560 litros de água quando é utilizada durante 30 minutos.Uma dica para economizar enquanto lava a louça, por exemplo, é deixar os pratos e talheres de molho, para que a sujeira saia aos poucos.

Desligue o ar-condicionado ao sair do local

Ar-condicionado é um dos maiores consumidores de energia, até mesmo os mais sustentáveis. Deixá-lo ligado para, quando chegar, o local estar “geladinho” não é nada legal. Enquanto ele está ligado, acontece a emissão de gases que podem ser poluentes ao meio ambiente. Utilize somente o necessário.

Recolha o seu lixo

Se você está indo para uma região litorânea, lembre-se de levar sacolas plásticas para as praias. Geralmente as lixeiras ficam longe para jogar item por item. Acumule todo o seu lixinho nas sacolas,e quando for embora despeje-o na lixeira mais próxima. O mesmo vale para os passeios ao ar livre: jamais jogue lixo no chão, pois pode ser que ele continue ali por anos até se decompor.

Gostou das dicas? Lembre-se de dar sempre o melhor de si e cuide do nosso meio ambiente.


Um passeio pelo centro da cidade do Rio de Janeiro

Centro da cidade do Rio de Janeiro; já foi capital do Brasil e abriga muita cultura. Se você está em busca de um passeio por esse local histórico, será contemplado com registros incríveis da história do Brasil e do Rio de Janeiro. Hoje ainda é possível encontrar casas coloniais que viraram patrimônio cultural e não podem ser demolidas.

A reforma urbana do Centro da cidade do Rio de Janeiro foi feita por Pereira Passos em 1903, e tinha como objetivo deixar o local parecido com Paris, com ruas largas, eliminando assim as medievais ruas estreitas. Porém, para que isso acontecesse, foi preciso acabar com cortiços, e expulsar os pobres que moravam nas ruas.

A obra de fato aconteceu, e surgiram os principais pontos do Centro da cidade projetados por Pereira Passos: a Avenida Rio Branco, o Theatro Municipal e as vias alternativas que ligavam outros bairros ao Centro, como, por exemplo, Francisco Bicalho, Rodrigues Alves, Avenida Maracanã e Avenida Beira-Mar.

Em 2013, o Centro da cidade do Rio de Janeiro passou por outra reforma para receber as Olimpíadas de 2016, com a criação do Boulevard Olímpico, conhecido como Porto Maravilha, na Zona Portuária. A antiga Perimetral precisou ser demolida para que esse novo espaço de lazer trouxesse alegria para os cariocas. O período de transição foi conturbado, com caos no trânsito, mas hoje já está estabilizado.
Pontos turísticos no Centro do Rio;

Hoje, o Boulevard Olímpico é um dos pontos turísticos mais visitados do Rio de Janeiro. Lá é possível conhecer o Museu do Amanhã, o AquaRio, os armazéns, os muros artísticos de Kobra, a Orla Conde, além de uma linda vista para passeio. No Centro da cidade do Rio de Janeiro você também pode visitar:

Maracanã.

Sambódromo.

Catedral de São Sebastião.

Igreja de São Francisco da Penitência.

Museu Nacional de Belas Artes.

Mirante da Paz.

Mosteiro São Bento.

Igreja da Candelária.

Museu de Arte do Rio (MAR).

Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).

Theatro Municipal.

Lapa e Santa Teresa, bairros próximos.

Quinta da Boa Vista, localizada em São Cristóvão, próximo ao Centro.

Bondinho de Santa Teresa.

Curtiu as dicas? Agende o seu passeio com a Heidelberg, agência de aluguel por temporada no Rio de Janeiro! +55 (21) 2295 4999 +55 (21) 97963 1726 0800 887 1581 ou acesse https://www.agencia-heidelberg.com/pt/contact


Lugares incríveis para tomar café da manhã no Rio de Janeiro

Não existe nada melhor do que acordar com o pé direito, e um excelente dia merece um café da manhã à altura. Pensando nisso, a Agência Heidelberg trouxe em primeira mão para você os melhores lugares para realizar a refeição mais importante do dia no Rio de Janeiro, em um dos melhores pontos da cidade: a Zona Sul. Confira:</p>

Confeitaria Colombo

Quando se fala em <strong>café da manhã no Rio de Janeiro, a Confeitaria Colombo precisa estar presente. As unidades mais famosas estão localizadas no centro histórico do Rio de Janeiro e no Forte de Copacabana. Ela é uma das mais tradicionais da cidade e existe há mais de 120 anos. O local conta com enormes espelhos de cristal e móveis de madeira que lembram muito décadas passadas.

O cardápio é bem variado, para conquistar a todos os paladares. Quem optar pela unidade do Forte de Copacabana ainda vai se deslumbrar com a vista. O valor do buffet por pessoa é de R$ 69,50 + 10%.

Horário de Funcionamento:
De 2ª a 6ª feira: de 09h às 19h30
Sábados e feriados: de 09h às 17h

Espaço 7Zero6

Aqui fica difícil decidir o que é melhor: a vista ou o paladar. Localizado em um dos melhores pontos da cidade, o Espaço 7Zero6oferece um café da manhã completo e variado e funciona no Praia Ipanema Hotel. Lá você pode apreciar toda a beleza das praias de Ipanema, Leblon e Arpoador.</p>

Endereço: Av. Vieira Souto, 706 – Ipanema – Rio de Janeiro.

Café Boulanger R$ 100, das 08h às 14h – Sextas, sábados, domingos e feriados.

Café Plage, Parque Lage

O Café Plage também é um local muito agradável para passar a manhã. Localizado no Parque Lage, no Jardim Botânico, o restaurante oferece um café da manhã completo por R$ 69, que inclui cesta de pães, bolo do dia, frios, iogurte, salada de frutas, ovo, geleias, bebida quente e suco, que dá para ser dividido para duas pessoas.

O Parque Lage é maravilhoso para curtir a natureza, possui uma trilha que leva ao Corcovado e grutas incríveis para registrar com fotos.

Endereço: R. Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico. Café aberto de 9h às 12h e o Parque até 18h.

La Bicyclette

Também no Jardim Botânico, a La Bicyclette é uma padaria que veio presentear o coração dos cariocas com uma culinária deliciosa tipicamente francesa. O café da manhã completo que leva o nome da casa custa apenas R$ 48 e serve duas pessoas, maravilha de preço! É servido com croissants, painsau chocolate, brioches fresquinhos, café, suco, frutas e iogurte com granola.

Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008 | Espaço Tom Jobim – Jardim Botânico
Horário de Funcionamento:
Seg: 12h às18h
Ter aqui: 8h30 às 18h
Sex, dom e feriados: 8h30 às 20h30

Pão & Companhia

Em último, mas não menos importante e/ou delicioso, está o café da manhã da Pão & Companhia,que oferece um buffet de pães de diversos tipos, frutas, empadinhas, quichés, biscoitos etc.Além disso, você pode pedir itens do cardápio, como suco detox, tapioca, sanduíches e muito mais.

São diversas unidades espalhadas pela cidade do Rio de Janeiro. Visite o site e escolha a mais próxima!

Reserve o seu café da manhã no Rio de Janeirocom a Heidelberg, agência de aluguel de apartamentos para temporada!

Entre em contato: +55 (21) 2295-4999 +55 (21) 97963-1726.

Imagens: Reprodução Internet/Google


O forte de Copacabana e a sua incrível história

Quem conhece ou já ouviu falar do Forte de Copacabana se encanta com a beleza do lugar e imagina tudo o que já aconteceu por ali. Além de ser um passeio imprescindível para quem visita o Rio de Janeiro e deseja admirar a vista, abriga muita cultura e história. Vale a pena conhecer!

Quando surgiu o Forte de Copacabana?

O Forte foi concebido no final do século XIX, em 1908, e tinha como finalidade defender a cidade e o porto do Rio de Janeiro, por isso há tantos canhões espalhados pelo local. Dessa forma, era possível manter afastados os navios inimigos que se aproximavam da Baía de Guanabara. Na área interna do forte fica o museu, com todas as informações do local ao longo das décadas passadas. Você fará uma viagem no tempo!

Quem passar por lá não pode deixar de conhecer a culinária variada da Confeitaria Colombo. Ela também é tradicional na cidade e oferece os melhores lanches da região.

Como chegar ao Forte de Copacabana

O Forte de Copacabana está localizado na Praça Coronel Eugênio Franco, nº1, posto 6 de Copacabana. Para chegar, você pode usar os seguintes transportes:

Ônibus: linhas 121, 126, 127, 455, 474 e 457.

Metrô: estação Cantagalo (Copacabana) e estação General Osório (Ipanema).

Carro: sentido Centro-Zona Sul: Aterro do Flamengo ou Túnel Rebouças. Sentido Barra-Zona Sul: Elevado do Joá e Avenida Niemeyer. Não há estacionamento interno, porém existem estacionamentos alternativos ao redor.

Acesso ao Forte de Copacabana

O ingresso é aceito apenas em dinheiro, com os seguintes valores:

Adultos: R$ 6,00.

Estudantes das redes pública e privada (com carteira de estudante ou boleto/declaração): R$ 3,00.

Idosos acima de 60 anos: R$ 3,00.

Professores das redes municipal, estadual e federal (com carteira de professor): R$ 3,00.

Militares das Forças Armadas e dependentes, maiores de 80 anos, grupos agendados e menores de 10 anos: Isento.

A bilheteria fecha às 19h.

Para não ficar de fora de nenhuma atração do Forte, confira os horários:

Fortificação e Exposições: de terça a domingo e feriados, das 10h às 18h. Alameda,

Cúpula dos Canhões, cafés e loja: de terça a domingo e feriados, das 10h às 20h.


Conheça a trilha da Pedra Bonita

Quem é aventureiro e busca programas diferentes vai amar conhecer a trilha da Pedra Bonita. Está localizada no Parque Nacional da Tijuca e leva em média 30/40 minutos para ser completada, dependendo da sua disposição física. A princípio, é uma trilha leve que pode ser feita por qualquer pessoa, até por crianças. A caminhada contempla uma das vistas mais lindas da cidade do Rio de Janeiro, onde é possível ver desde a Zona Sul até a Zona Oeste.

Como chegar na trilha da Pedra Bonita.

Para chegar até o local é necessário acessar a bifurcação da Estrada das Canoas, em São Conrado. Você seguirá pelo mesmo lugar que dá acesso à rampa de voo. Para quem for de carro, é possível deixar o veículo no estacionamento do local, mas é preciso chegar cedo para garantir vaga. Um pouco abaixo, ainda na Estrada das Canoas, há um estacionamento, porém você precisará subir um longo pedaço íngreme antes do acesso à trilha.

A trilha da Pedra Bonita

O tempo de caminhada da trilha da Pedra Bonita é curto, porém boa parte do percurso é íngreme. A mata é densa, o que faz com que a temperatura seja mais baixa. Para quem sobe para ver o nascer ou o por do sol, é preciso preparar os casacos, pois venta muito.

Na descida, você pode aproveitar para conhecer a Rampa de Voo Livre, e quem sabe, pular de asa delta ou parapente! O voo dura até 30 minutos e o pouso é na praia do Pepino, trecho da praia de São Conrado.

O que levar para a trilha da Pedra Bonita.

Além de ir com roupas leves, você vai precisar de:

  • Protetor Solar.
  • Água.
  • Lanchinhos naturais.
  • Casaco.
  • Repelente.
  • Óculos de sol.
  • Boné ou chapéu.
  • Lanterna.

Depois de realizar essa trilha incrível, você vai precisar de um lugar agradável para descansar! A Heidelberg oferece diversos apartamentos por temporada na Zona Sul do Rio de Janeiro, próximos à trilha da Pedra Bonita. Entre em contato conosco e saiba mais! +55 (21) 2295-4999 ou +55 (21) 97963-1726.


Blocos de Carnaval 2017 no Rio de Janeiro | Os mais famosos

Se você vai passar o Carnaval 2017 no Rio de Janeiro, precisa conferir a agenda de blocos de rua para não ficar de fora de nenhum e aproveitar a folia. Saiba mais!

Quem pensa que Carnaval no Rio de Janeiro se resume ao Sambódromo e seus desfiles está muito enganado! Os blocos de rua já viraram tradição por aqui, e quem passa a temporada de folia na cidade não pode ficar de fora. Se você é carioca e vai continuar no Rio ou é turista e vem aproveitar a folia na Cidade Maravilhosa precisa ficar ligado na lista dos melhores blocos de rua. Separe os confetes e serpentinas e confira!

Cordão do Bola Preta

Esse talvez seja um dos blocos mais famosos e antigos do Rio. Criado em 1918, é o bloco precursor da marchinha “Quem não chora não mama, segura meu a chupeta. Lugar quente é na cama, ou então no Bola Preta.” Durante o desfile nas ruas, o bloco segue a todo vapor com marchinhas e sambas. Geralmente reúne mais de um milhão de pessoas.

Data: 25 de fevereiro de 2017

Local: Rua Primeiro de Março, entre a Rua Buenos Aires e a Rua do Rosário – Centro/RJ.

Horário: 9h30

Banda de Ipanema

O bloco, bastante famoso na Zona Sul, foi criado em 1964. Foi alvo de fiscalização pela ditadura militar entre 1964 e 1985, pois seus organizadores utilizavam-no como um modo de fazer críticas políticas e até debochar da situação do país naquele momento. Entre seus padrinhos e madrinhas, teve renomados artistas como Chico Buarque, Leila Diniz, Clara Nunes, Cartola, entre outros. O público que frequenta o bloco é bastante democrático e reúne crianças, jovens, idosos, heterossexuais, gays e simpatizantes. Um clima de muita diversão e respeito se instala nas ruas do Rio de Janeiro!

Data: 25 de fevereiro de 2017

Local: Praça General Osório, Ipanema.

Horário: 17h30

Simpatia é Quase Amor

O bloco também desfila por Ipanema com marchinhas antigas, e tem um samba-enredo próprio. Foi criado em 1985 por um grupo ligado ao movimento “Diretas Já”. Uma curiosidade é que as cores temáticas do bloco, amarelo e lilás, são uma homenagem ao medicamento Engov, usado para combater a ressaca típica do Carnaval.

Data: 26 de fevereiro de 2017

Local: Praça General Osório, Ipanema.

Horário: 14h

Céu na Terra

Apesar de recente, criado em 2011, o bloco é considerado tradicional e arrasta milhares de pessoas pelas ruas estreitas de Santa Teresa. Famosos por seus bonecos gigantes e pernas de paus, o bloco é mais voltado para a curtição e paquera.

Data: 25 de fevereiro de 2017

Local: Largo dos Guimarães, Santa Teresa.

Horário: 8h

Venha curtir o Carnaval no Rio e faça sua reserva para sua estadia com a Heidelberg,

https://www.agencia-heidelberg.com.br por temporada no Rio de Janeiro

 


Restaurante Argentino La Cabrera, no Rio de Janeiro

Quem aprecia um corte de carne de qualidade entende a importância de um bom restaurante argentino. O Restaurante La Cabrera, típico de Buenos Aires, abriu uma filial no New York City Center, shopping localizado na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A faixa de preço é razoável para quem deseja degustar carnes nobres e experimentar a culinária típica argentina. Você se sentirá muito bem servido gastando, em média, R$ 150.

A decoração do La Cabrera da Barra segue a da matriz, rústica e com espírito aventureiro: há balões e aviões de madeira pendurados no teto, tons escuros com uma iluminação baixa e aconchegante para curtir a tarde ou a noite. Vale ressaltar que o repertório musical também é muito bem escolhido!

Gastronomia diferenciada

Durante a semana são servidas entradas com a sopa do dia, que são uma delícia e por conta da casa! Você não vai conseguir ficar só na primeira caneca. Outra excelente opção para a entrada são as típicas empanadas portenhas em versão mini, cuja porção com seis unidades sai por R$ 19. Se você é daqueles que come pouco, recomendamos ir direto ao prato principal, que é muito bem servido e com excelentes opções de acompanhamento.

Na seção principal estão disponíveis treze cortes de carne de diferentes partes do boi, que vêm junto com uma tábua com diversos potinhos de mini acompanhamentos, entre eles: batata calabresa, mussarela de búfala, milho, palmito, feijão fradinho, ovo, tomate seco, creme de espinafre, molho de mostarda especial, polenta, entre outros itens. Além disso, você pode optar pelos acompanhamentos extras: farofa de alho ou ovo, batata rústica com cebola, arroz maluco etc.

Nossas sugestões certeiras de pratos principais são o Bife de Chorizo e o Ojo de Bife, que são muito suculentos e macios e podem ser pedidos para uma ou duas pessoas, em versões de 300 ou 500 gramas. Não deixe de finalizar a sua visita com a deliciosa panqueca de doce de leite! Para você aproveitar ainda mais o seu dia, o La Cabrera está localizado próximo à praia da Barra da Tijuca!

Endereço: New York City Center: Av. das Américas, 4.200, loja 160,  Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ.

Horários de funcionamento: Seg a qui, das 12h às 23h. Sex e sáb, das 12h à 0h. Dom, das 12h às 22h.

Telefone: (21) 2431-4113

Reserve sua estadia conosco e venha conhecer o restaurante La Cabrera. Bom apetite!


As melhores cachoeiras do Rio de Janeiro

Se você vai visitar o Rio e quer aproveitar o calor para conhecer cachoeiras lindas e ainda se refrescar, precisa conferir esse post!

 

As melhores cachoeiras para turistas e cariocas.

Nem só de praia vive o Rio de Janeiro. Principalmente no verão, quando as areias costumam ficar mais cheias. As cachoeiras são ótimas opções para quem quer fugir do convencional e desbravar novas maneiras de espantar o calorão. O passeio muitas vezes inclui uma trilha para que se chegue à queda d’água. Por isso, lembre-se sempre de levar uma mochila com água, alimentos leves como frutas, protetor solar, bonés e chapéus. Tudo pronto? Então confira as melhores cachoeiras do Rio de Janeiro.

Cachoeira das Almas

Situada dentro da Floresta da Tijuca, na Zona Norte do Rio, a Cachoeira das Almas é uma ótima opção para se livrar do calor e curtir a água geladinha. A cachoeira fica na Praça Afonso Viseu, a 3 Km da entrada do Parque Nacional da Floresta da Tijuca. Para conhecê-la é necessário realizar uma trilha bem fácil, que pode ser feita até por crianças. As trilhas são bem sinalizadas, e você pode começar o trajeto próximo à Cascatinha Taunay e seguir pelo Caminho das Almas.

Cachoeira do Mendanha

Localizada no bairro de Campo Grande, a Cachoeira do Mendanha tem suas águas oriundas do Rio Guandu-Sapê. A trilha para chegar ao local é de nível moderado, e leva em torno de 1 hora. A entrada para Campo Grande é feita pela Estrada do Mendanha, que corta a Av. Brasil. Para chegar à trilha, você precisa seguir até o final da Estrada do Mendanha, virar à esquerda, subir uma pequena serra e virar à direita na Estrada Abílio Bastos. Lá, você ainda encontra três poços para se refrescar, no complexo de cachoeiras do Mendanha.

Cachoeira do Macuíba

Também na Zona Oeste do Rio, no bairro de Vargem Grande, existem diversas cachoeiras dentro do Parque da Pedra Branca. Uma das mais famosas é a Macuíba. Trata-se de uma queda de água pequena, que forma uma piscina natural muito agradável para banho. Para chegar até lá você precisa seguir pela Avenida das Américas até o final, em direção a Vargem Grande. Chegando no bairro, suba a Estrada Pacuí, e logo em seguida, para a estrada Macuíba. Estacione o carro na Estrada Macuíba e siga a pé pelo restante do percurso. Depois é só se deliciar com a piscina natural e mandar o calor embora!

Gostou das dicas? Então reserva sua estadia com a Heidelberg,

https://www.agencia-heidelberg.com/aluguel por temporada no Rio de Janeiro e venha conhecer as maravilhosas cachoeiras da cidade. 


Conheça o AquaRio no Boulevard Olímpico

maior aquário marinho da América do Sul acaba de abrir as portas no Rio de Janeiro. Ele está localizado no Boulevard Olímpico, que já abriga diversas atrações turísticas, como o Museu do Amanhã e o mural “Todos Somos Um”, de Eduardo Kobra, com 15 metros de altura, que foi mencionado no Guiness World Record de 2016 e retrata cinco rostos de indígenas de continentes diferentes, representando a paz e a união entre os povos.

No Cais do Porto, próximo ao Armazém 7, você vai encontrar um pedacinho do oceano, com mais de três mil animais marinhos. A parte mais emocionante do trajeto é poder passar por um túnel de vidro que nos traz a sensação de realmente estarmos no fundo do mar. Em uma determinada área do passeio, é possível tocar em raias e pequenos tubarões. Em breve será possível mergulhar com os peixes e acompanhar a vida noturna dos animais.

No hall de acesso ao AquaRio encontra-se o esqueleto gigante de uma baleia-corcunda que ficou presa na praia da Macumba, no Recreio dos Bandeirantes, em junho de 2014. O aquário possui mais de 350 espécies de peixes vertebrados e invertebrados, e quem quiser levar uma lembrancinha para pessoas queridas encontrará uma lojinha no final do trajeto, com fotos, pelúcias, roupas, canecas e chaveiros personalizados.

Como chegar ao AquaRio do Rio de Janeiro

VLT: É o melhor meio de transporte para quem quer chegar ao local sem ficar refém do estacionamento. Pegue a linha 1 no sentido Rodoviária/Praia Formosa e salte na estação Utopia AquaRio.

Metrô: Utilize as linhas 1 e 2 e salte na estação Uruguaiana. Depois caminhe pela Avenida Rio Branco até o AquaRio. Você também pode pegar o VLT linha 1 na estação da Candelária sentido Rodoviária, caso não queira ir andando.

Carro/Moto: Dentro do AquaRio você encontrará um estacionamento por R$ 25, porém com vagas limitadas.

Informações gerais sobre o AquaRio

Endereço: Praça Muhammad Ali, Gamboa, Pier Mauá, Rio de Janeiro.

Horário de funcionamento: De 10h às 18h.

Valor: Tarifa normal: R$ 80. Tarifa promocional para moradores e pessoas nascidas no estado do Rio de Janeiro: R$ 60. Tarifa reduzida para crianças, estudantes, PNE e idosos: R$ 40. É obrigatório o comprovante de ambos acima.

Reserve seu passeio com a Heidelberg!