O forte de Copacabana e a sua incrível história

Quem conhece ou já ouviu falar do Forte de Copacabana se encanta com a beleza do lugar e imagina tudo o que já aconteceu por ali. Além de ser um passeio imprescindível para quem visita o Rio de Janeiro e deseja admirar a vista, abriga muita cultura e história. Vale a pena conhecer!

Quando surgiu o Forte de Copacabana?

O Forte foi concebido no final do século XIX, em 1908, e tinha como finalidade defender a cidade e o porto do Rio de Janeiro, por isso há tantos canhões espalhados pelo local. Dessa forma, era possível manter afastados os navios inimigos que se aproximavam da Baía de Guanabara. Na área interna do forte fica o museu, com todas as informações do local ao longo das décadas passadas. Você fará uma viagem no tempo!

Quem passar por lá não pode deixar de conhecer a culinária variada da Confeitaria Colombo. Ela também é tradicional na cidade e oferece os melhores lanches da região.

Como chegar ao Forte de Copacabana

O Forte de Copacabana está localizado na Praça Coronel Eugênio Franco, nº1, posto 6 de Copacabana. Para chegar, você pode usar os seguintes transportes:

Ônibus: linhas 121, 126, 127, 455, 474 e 457.

Metrô: estação Cantagalo (Copacabana) e estação General Osório (Ipanema).

Carro: sentido Centro-Zona Sul: Aterro do Flamengo ou Túnel Rebouças. Sentido Barra-Zona Sul: Elevado do Joá e Avenida Niemeyer. Não há estacionamento interno, porém existem estacionamentos alternativos ao redor.

Acesso ao Forte de Copacabana

O ingresso é aceito apenas em dinheiro, com os seguintes valores:

Adultos: R$ 6,00.

Estudantes das redes pública e privada (com carteira de estudante ou boleto/declaração): R$ 3,00.

Idosos acima de 60 anos: R$ 3,00.

Professores das redes municipal, estadual e federal (com carteira de professor): R$ 3,00.

Militares das Forças Armadas e dependentes, maiores de 80 anos, grupos agendados e menores de 10 anos: Isento.

A bilheteria fecha às 19h.

Para não ficar de fora de nenhuma atração do Forte, confira os horários:

Fortificação e Exposições: de terça a domingo e feriados, das 10h às 18h. Alameda,

Cúpula dos Canhões, cafés e loja: de terça a domingo e feriados, das 10h às 20h.


Deixe uma resposta